PROJETO

PROJETO
http://www.smbmarketingguide.com/wp-content/uploads/2009/02/blog.jpg
SEJAM BEM VINDOS AO MUNDO DA LEITURA E DA PRODUÇÃO DE TEXTOS !



segunda-feira, 16 de agosto de 2010

DISSERTAÇÃO - 2º ANO "A"

http://dfps.files.wordpress.com/2007/10/sem-titulo.jpg?w=510
http://blog.opovo.com.br/educacao/files/2010/06/alcoolismo-na-adolescencia-300x199.jpg

Juventude e alcoolismo: um problema social


As bebidas alcoólicas pertencem ao grupo das drogas lícitas mais consumidas no Brasil. O comportamento festivo do brasileiro sempre foi regado a muito álcool: caipirinha na praia, cerveja no futebol, coquetel na balada. O problema é que os jovens estão começando a beber cada vez mais cedo. Uma pesquisa da Unifesp sobre o consumo de bebidas alcoólicas por estudantes de ensino médio reacendeu a discussão sobre o tema. Que razões levam o jovem ao consumo de álcool? Quais os problemas decorrentes disso? Por que a lei que proíbe a venda de bebidas a menores de idade não é cumprida? Qual a responsabilidade da família, da sociedade e do governo diante desse problema? Reflita sobre essas questões e elabore uma dissertação argumentativa com o tema: Juventude e alcoolismo: um problema social.




Seguindo a proposta do Banco de Redações Uol os alunos produziram dissertações sobre o tema: Juventude e alcoolismo: um problema social, enviaram para o site e depois publicaram aqui.

5 comentários:

  1. ALCOOLISMO NO BRASIL

    No Brasil o número de jovens alcoolizados estão aumentando cada vez mais.O consumo de álcool é proibido para menores,mais é por causa da proibição que eles estão se tornando jovens rebeldes e insuportáveis. algumas das vezes eles tomam certas atitudes por causa de problemas,para alguns só resolvem se estiver alcoolizados, os jovens de hoje tem problemas com família e até mesmo amigos e acham que não tem solução e por isso perdem a cabeça e tomam atitudes erradas se embriagam para resolver seus problemas e no fim de tudo só faz piorar as coisas e acabam brigando ou ate mesmo algo pior pai com o filho e vice versa.

    O álcool é uma droga na qual é liberada ou seja embora existe a proibição há menores mais a maioria deles não respeitam.

    O uso de bebidas alcoólicas fazem com que não só os jovens mais qualquer tipo de pessoa tenham certos tipos de comportamentos estranhos uns chegam ate a loucura, ou seja atos que nem sempre eles lembram o que faz depois de estarem alcoolizados.

    Os jovens de hoje se criam convivendo com pessoas alcoolizadas, famílias e amigos consumindo álcool em eventos ou qualquer tipo de festas,nós sabemos que as bebidas alcoólicas fazem parte das drogas lícitas

    O álcool é uma droga liberada mais é liberada para os maiores e proibida para os menores.Na maioria das vezes os jovens passam a ser consumidor do álcool por causa da influência dos amigos não todos mais alguns sim.

    Muita das vezes acontecem casos de estarem um grupo de amigos e outros sabotarem os copos de bebidas do colega sem a menor idéia do que ele está fazendo podendo colocar em risco ávida do seu amigo ou até mesmo levá-lo a ter certas atitudes insuportáveis. Lembre-se o uso de qualquer tipo de drogas é prejudicial por isso não use drogas , diga não a elas.



    Kelyane Duarte Saraiva

    2º ano “A”

    E.E.F.M PADRE CICERO

    Ingazeiras auroro-ce

    ResponderExcluir
  2. Álcool também é droga!

    Em pleno o século XXI o Brasil encontra-se com um problema social que afeta a juventude e até mesmo os adultos: o alcoolismo. Cada dia que se passa vemos a todo o momento a juventude difundir-se no consumismo desordenado do álcool. Para se ter uma idéia as bebidas alcoólicas pertencem ao grupo das drogas lícitas mais consumidas no Brasil.
    Nos lares brasileiros ,os jovens crescem vendo os familiares e amigos consumirem bebidas alcoólicas nos mais diversos eventos. A conduta festiva do brasileiro sempre foi típica de alto consumo de bebidas com teor alcoólico. Estes fenômenos geraram e geram nos jovens a moda de beber os mais variados tipos de bebidas. Uma moda que pegou, mas que acabou se tornando um dos principais problemas da juventude e da nossa sociedade.
    O que nos preocupa mais ainda é que os jovens estão entrando no mundo das bebidas alcoólicas cada vez mais cedo, pesquisas realizadas constatam que é uma prática comum para muitos que tem idade entre 15 e 18 anos, em oposição ao que prever a legislação brasileira: 18 anos.
    Em suma o jovem bebe numa atitude de busca de soluções ao problema de sua não independência; também em uma tentativa de se estabelecer nas amizades, na família, na sociedade, para domar a timidez, para ter mais autoconfiança, superar o medo de ser diferente. Beber para a maioria das pessoas é algo importantíssimo, e até fundamental para preencher seu tempo tempo livre. No entanto, quando deixa de haver justificativas para tal ato de consumo, o indivíduo acaba no alcoolismo.
    O uso do álcool expõe jovens e adultos a distúrbios de comportamentos, fazendo-os sentirem-se e agirem como se fossem deuses que podem tudo, o que origina riscos mais imediatos, como: brigas, violência sexual, acidentes em trânsito, além de ficar mais vulnerável a outros tipos de drogas, propiciando ainda ao usuário o perigo de se tornar um alcoólatra que poderá o levá-lo a loucura e até a morte.
    Porém esse tipo de comportamento não tem recebido a devida atenção por parte da sociedade e da família. Há uma falência de valores morais e familiares que vêm assumindo um circuito de calamidade.
    O álcool é uma droga liberada, tolerada pela sociedade e às vezes incentivada pelos próprios pais. Embora exista a proibição de venda a menores, na maioria dos estabelecimentos a lei não é respeitada, é uma dificuldade imensa para o poder público controlar. É dever dos pais, da escola e da sociedade avisar do perigo que estão correndo a fim de evitar danos maiores no futuro. O jovem precisa aprender os riscos e impactos do consumo abusivo de álcool a que estão sujeitos.
    Enfim, o alcoolismo é um problema atual que diz respeito a juventude e também os adultos, e no interior de cada um de nós cabe a obrigação de fazermos algo para reverter essa situação, pois há de vir mias conseqüências além das existentes. Não podemos nos conformarmos diante desses acontecimentos e sim lutar por uma sociedade melhor, o que irá influenciar no nosso comportamento e conseqüentemente no meio em que vivemos.

    2° ano"A"
    Yasmim Santos.

    ResponderExcluir
  3. Alcoolismo – um mal pessoal e social



    O uso do álcool antes de ser um problema social, é um crime individual, pois a série de prejuízos para a saúde de quem se utiliza dessa substância é enorme e seus danos, muitas vezes, irreversíveis. Cada vez que essa substância é utilizada, provoca um aumento de resistência do organismo aos seus efeitos, o que acarreta um aumento de tolerância. Assim, para obter o mesmo efeito, o jovem passa a consumir cada vez mais o álcool e com mais frequência. E esse uso contínuo causa a dependência, caracterizada por alterações mentais e/ou físicas. A dependência pode ser psicológica, quando o jovem acredita que para ''ficar legal” precisa estar sob o efeito do álcool.

    Mas o que leva os jovens ao consumo do álcool ? E o que faz com que eles fiquem viciados?

    Alguns fatores costumam ser apontados como possíveis causadores do uso contínuo do álcool. Como por exemplo a incompreensão dos pais, a falta de diálogo entre pais e filhos, fazendo com que aquele jovem, cheio de dúvidas e incertezas, busque em outros lugares as respostas, orientações e conselhos que deveria ter em casa; os distúrbios familiares, a desestruturação da família.

    A família sempre é considerada co-dependente. Famílias que se formam cada vez mais cedo, sem que os companheiros estejam preparados para encarar situações preocupantes da sua vida, muitas vezes não tem o preparo necessário para educar e formar novos cidadãos. A crença de ser capaz de sobreviver em um mundo tão hostil,tão cheio de desesperanças, onde as oportunidades são cada vez mais difíceis.

    Os jovens sempre foram seres sociais, ou seja, sempre viveram em sociedade, em grupos, um dependendo do outro e, hoje em dia, essa dependência é extremamente frágil. Existe sempre a insegurança,a incerteza. O que faz com que os jovens fiquem viciados em drogas, na maioria das vezes, são as más companhias e influências.

    O uso abusivo do álcool, o beber incontrolável, traz problemas sociais, emocionais e físicos. Dos problemas sociais, podemos citar desde a desestruturação familiar, passando pela perda de emprego e bens materiais, até homicídios. Os jovens alcoólatras são encarados como pessoas que estão á margem da sociedade. Daí resultam problemas emocionais que também se relacionam com os problemas físicos.

    Portanto, aqui vale o bom senso e os pais devem auxiliar seus filhos a enfrentar essa questão. Não importa qual o tipo de droga, o mais importante é evitar o vício. Seus efeitos são sempre desastrosos, ainda que em primeiro momento possamos achar que tudo é uma brincadeira e que somos poderosos para largar a hora que quisermos. O álcool, como as outras drogas, é muito prejudicial pelo seu consumo excessivo, tornando-se uma das doenças que mais mata no mundo.

    Diga não às drogas, e seja feliz!



    Willyane Duarte Saraiva

    2° ano ''A'' tarde

    E.E.F.M. Padre Cícero-Ingazeiras-CE

    ResponderExcluir
  4. Abomine essa falsa ''diversão''




    A bebida alcoólica, droga considerada lícita, vem acarretando muitos problemas em nossa sociedade pelos seus consumidores. O tempo passa, mais informações e alertas são dados a comunidade sobre o alcoolismo, mas parece que não está sendo o bastante, pois cada vez mais cedo os jovens estão adotando esta prática infeliz de ingerir bebidas alcoólicas. E este índice está aumentando cada vez mais entre jovens e adultos de ambos sexos.

    Mas realmente se os jovens como toda a sociedade estão claramente informados sobre esse problema, o que os levam ainda ao consumo de álcool? Especialistas e os próprios consumidores alegam que é para tomar coragem, para aparecerem mais, até mesmo os exibidos. Mas como tudo tem conseqüência, seja ela boa ou ruim, seja para adquirir coragem que é o que mais almejam quando consomem o álcool e acabam se acostumando, tornando assim um vício. Então fica difícil a resolução do problema, acarretando doenças e desequilíbrio entre a família e a sociedade.

    A indústria e o mercado da bebidas alcoólicas têm acima de tudo um objetivo a ser atingido, que é vender sempre mais e mais, não se importando com as normas decretadas sobre a venda e o consumo de álcool a menores. Outro exemplo a ser visto é as propagandas da TV de bebidas alcoólicas, onde eles claramente informam e mostram o consumo de álcool, como se fosse uma bebida normal, que não causasse mal algum, e a parte da advertência é tão rápida que mal se percebe, resumida em três palavras ''beba com moderação''.

    Portanto, as famílias desses jovens precisam assumir severas regras, onde proíba algumas amizades de má influência, festas onde tenha riscos de infringir estas regras, e acima de tudo ter uma conversa séria, apoiando-os no que for preciso, e se for o caso uma reabilitação, ou mesmo internação. Tudo isso até ele se conscientizar e agir com moderação em relação ao álcool, e aprender, mesmo que seja difícil, que seja zoado pelos amigos, a não agir pelas influências. Com as leis já decretadas para quem a infringe, vendendo bebidas alcoólicas a menores ou adultos que oferecem e influenciam esta prática. Deve haver mais fiscalização, pois observamos que as pessoas obedecem as leis quando sabem que não vão ser pegos, dessa forma fica difícil os mesmos pagarem por esse crime.




    Dayane Sousa Araújo

    2° ano ''A''

    Escola de Ensino Fundamental e Médio Padre Cícero

    ResponderExcluir
  5. Álcool: vida ou morte?
    Dentre as drogas mais consumidas está o álcool. Quando se fala em álcool, os consumidores logo pensam em amigos, brincadeiras, divertimentos... Mas o que realmente a palavra álcool significa em nosso mundo atual? Para as pessoas que não consomem esse tipo de droga a resposta é óbvia! Drogas, farras, imoralidades...
    E quanto aos jovens? Como ficam nesse mundo onde o álcool prevalece sobre as pessoas? Hoje em dia, a maioria dos jovens consome ou já consumiram algum tipo de drogas, dentre elas está a mais frequente: o álcool. Porém, por que se deixam cair nesse mundo quase sem volta? A resposta é simples! Geralmente por influência (geralmente de amigos): “vai cara, prova! Você não vai se arrepender” e o jovem para não ser ridicularizado perante a sociedade em que vive, se sente na obrigação de experimentar. Outro fator de risco são os familiares desse jovem, que às vezes obrigam-no à consumir álcool ou até mesmo drogas mais arriscadas e daí em diante é só uma questão de tempo para esse jovem se tornar viciado e por em risco sua vida e a de seus familiares, amigos e as pessoas com quem convive.
    Mas por que o álcool está tão presente em nosso meio e é tão fácil ter acesso, que até os jovens podem chegar há ele? Porque a polícia não está totalmente preparada para ter controle sobre quem vende e principalmente sobre quem compra. E se por acaso alguns desses pontos de vendas ilegais forem detectados pela comunidade vizinha, deve-se denunciar urgentemente, pois algo de ruim pode acontecer. E lembre-se: Se alguém disser para você provar algo que não queira, não prove, pois você pode se arrepender. E caso sofra ameaças, procure os órgão que estão á favor da lei e denuncie.


    Aleudo Alves Coêlho.
    2º ano “A”.
    E.E.F.M. Padre Cícero – Aurora – CE.

    ResponderExcluir